5 Dicas Para Prevenir A Celulite!

Quem nunca se preocupou com as estrias e celulite atire a primeira pedra. Já tentou usar todos os métodos para se livrar e nunca conseguiu? Não desanime! Mas atenção, muitas dessas novas técnicas de cuidados com o corpo podem trazer prejuízos à saúde.

Dietas da moda ou regimes ditos milagrosos, podem complicar ainda mais a situação. A maioria promete resultados rápidos mas não respeita as necessidades de nosso organismo, limitando a alguns alimentos somente.

Muitas vezes o emagrecimento até ocorre, mas com danos à saúde.

Na maioria dos casos é temporário, foi resultado de uma alteração brusca na composição alimentar que causou a perda de líquidos (desidratação).

Tal perda, em pouco tempo será reposta, trazendo o peso de volta, pois o que se perdeu foi água e não gordura.

Esse processo, de ganhar e perder peso frequentemente, causa o rompimento das fibras elásticas que sustentam a camada intermediária da pele, que é formada por colágeno e elastina, dando origem às famosas estrias.

Como agravante, dietas inadequadas podem contribuir para a formação de celulite.

Quando o assunto é celulite e estrias, o principal vilão é a alimentação desequilibrada.

O consumo excessivo de bebidas alcoólicas, alimentos ricos em gorduras saturadas e trans são considerados os principais causadores destes problemas.

Pensando nisso, a ciência tem encontrado novidades para quem ainda é jovem e está começando a se preocupar com a beleza, assim como para quem já passou dos 40-50 anos de idade e deseja manter uma aparência mais jovem.

A seguir, apresentaremos várias dicas para quem quer prevenir ou controlar o aparecimento de estrias e celulites:

1. Fuja Das Dietas Muito Restritivas

Para evitar o aparecimento das famosas estrias e celulites, evite o “efeito sanfona”.

Fuja dos regimes de muito baixo valor calórico, pois além de não fornecerem todos os nutrientes que seu corpo precisa, você não conseguirá segui-los por muito tempo, prejudicando assim, a manutenção do peso e, consequentemente, a firmeza e elasticidade da pele.

O emagrecimento com responsabilidade e bom senso, respeitando o ritmo corporal, resultará em perda de gordura com consequente redução da celulite, melhorando assim os contornos corporais e a promoção da saúde.

2. Reeduque Seus Velhos Hábitos

A reeducação alimentar é baseada em uma dieta equilibrada, contendo todos os grupos de alimentos (cereais integrais, frutas, verduras, legumes, leite e derivados, e as carnes magras em geral), permitindo que se alcance os resultados desejados com a manutenção de hábitos alimentares saudáveis por toda a vida.

Com isso, a manutenção do peso fica mais fácil. Além disso, uma dieta equilibrada é capaz de suprir todas as necessidades do corpo sem que seja necessário o consumo de alimentos industrializados.

Procure também diminuir consumo de sal, pois causa retenção de líquidos e edemas, alimentos gordurosos e frituras.

Reduza o consumo de bebidas alcoólicas, cafeinadas e refrigerantes, pois diminuem o calibre das artérias, dificultando a circulação.

Assim, com a prática da reeducação alimentar, consegue-se diminuir visivelmente as celulites e evitar que elas retornem, mantendo o corpo em forma e bonito para o verão.

Um dos elementos que colaboram para que tudo isso aconteça é a fibra. Além de aumentar o poder de saciedade, melhorar o trânsito intestinal e ajuda na prevenção de doenças, ela consegue absorver e ajudar na eliminação de várias toxinas que o corpo produz, permitindo assim a redução da celulite.

Para que todas essas funções realmente sejam exercidas no corpo, recomenda-se uma ingestão de 20-25g de fibras ao dia (algo em torno de 400g de frutas, verduras e cereais integrais).

3. Pratique Exercícios

Nada melhor do que exercícios localizados combinados com atividade aeróbica (corrida, natação, bicicleta, etc) para redução das celulites.

A prática deve ser de pelo menos 30 minutos, 3 a 4x por semana. Esses exercícios, além de proporcionarem uma melhora do condicionamento físico, permitem aliviar o estresse, cansaço, contribuindo ainda para queima calórica e, consequentemente, para redução do peso corporal.

4. Hidratação

Como substância abundante no corpo, a água é componente essencial dos tecidos. Tem papel importante nas funções do organismo como um todo, e principalmente na hidratação da pele, evitando ressecamentos, celulites e estrias.

A quantidade ideal de consumo para um adulto durante as 24 horas do dia, deve ser de no mínimo, para um indivíduo de 70Kg, 2,5L de água.

Esse consumo deve aumentar nos períodos em que as temperaturas aumentam muito (verão); antes, durante e depois de exercícios físicos; e quando apresentar febre e resfriado.

Gestantes e mulheres em período de amamentação, também devem consumir mais água.

5. Colágeno

A reposição de colágeno alimentício surge hoje como uma nova ferramenta para manutenção da estética e beleza.

A dose diária de colágeno a ser ingerida depende muito do objetivo pelo qual você fará a reposição.

Estudos recentes comprovam que a ingestão diária de 10g de colágeno, proporciona um aumento significativo na elasticidade e hidratação da pele, além de auxiliar na saúde das articulações.

Por isso, é importante ressaltar que as melhores fontes para reposição de colágeno são os alimentos enriquecidos com colágeno hidrolisado.

Não existe contra-indicação para o consumo do colágeno hidrolisado e, caso o tratamento seja interrompido, nenhuma mudança negativa ocorrerá.

Por apresentar-se na forma de pó e por não apresentar sabor (sabor neutro) permite praticidade no seu consumo.

Pode ser utilizado em sucos, iogurtes, leites, vitaminados, entre outros. Aliado a um programa de emagrecimento e estética, evita flacidez, estrias, e também retarda o aparecimento de rugas.

Faça uma alimentação equilibrada juntamente com exercícios físicos, muita água e reposição de colágeno.

Assim, você conseguirá melhorar sua qualidade de vida, ficará livre das celulites e das famosas estrias que incomodam a maioria das mulheres.

Artigos Recomendados