30 anos de moda e estilo para as mulheres-saiba tudo

A Yamô completa 30 anos como um ícone da mulher moderna. É uma referência para quem quer se vestir com classe, conforto e estilo. A loja de roupas e acessórios consegue se reinventar a cada nova coleção e em 2017 chega com um novo astral para se consolidar no mercado da moda. A loja percorre […]

A Yamô completa 30 anos como um ícone da mulher moderna. É uma referência para quem quer se vestir com classe, conforto e estilo. A loja de roupas e acessórios consegue se reinventar a cada nova coleção e em 2017 chega com um novo astral para se consolidar no mercado da moda. A loja percorre o imaginário feminino e é a preferida de muitas mulheres. A Yamô se orgulha de vestir várias gerações. Hoje, sob o comando da empresária Maria Inês Alexandre, a Mari, percorreu uma trajetória de orgulho, que começou com a mãe vendendo roupas em uma garagem na Rua Lídio Batista Soares. Dona Mônica era uma costureira de mão cheia, como diziam antigamente, usou seu talento para vestir mulheres de forma única e personalizada. Com o passar do tempo a procura cresceu e a loja foi se renovando. Mari chega em 1997 também como reforço para o gerenciamento e expansão do negócio. Lembra com carinho dessa época e de como precisavam a cada dia se reinventar em um mercado que crescia muito, principalmente, pela liderança das mulheres.

A experiência veio no dia-a-dia e nos acertos e erros da trajetória. “Reformamos a loja em 2000, mas na primeira semana os provadores não deram conta de atender a clientela”, lembra Mari. O espaço ficou pequeno e em 2008 a Yamô passa a atender na parada 49, ao lado do Banco Itaú. A ampla estrutura física possibilitou aumentar o mix de marcas e diversificar os produtos. A Yamô expandiu sua marca com a abertura de três filiais, em Porto Alegre (1997), Novo Hamburgo (2009) e São Leopoldo (2009). Durante a expansão a família decidiu que era o momento de apostar numa sede própria, onde fosse possível concentrar todos os esforços. “Foi um período de muito aprendizado, conquistamos muitas clientes novas, mas também apostamos em uma meta que era uma única loja conceito”, comenta Mari.

O bacana é que as filiais foram fechadas, mas as clientes permaneceram. Clientes das três cidades continuam vindo a Cachoeirinha em busca da moda certa. Hoje a Yamô tem uma sede própria na Rua Dona Cecilia (parada 51), com estacionamento próprio, amplas instalações, ambiente confortável e aconchegante. Os looks são cuidadosamente expostos com extremo bom gosto, diversidade e elegância, atualizados com as tendências mundiais da moda.

As três décadas de história são a base para o que Mari considera um novo momento da Yamô. “2017 começou diferente com uma aproximação ainda mais forte com o nosso público e principalmente um momento de curtir mais a loja e as clientes”, conta Mari. Uma das principais mudanças vem da profissionalização das mídias sociais. A fan page, instagram e whats app receberam um novo olhar mais atual e exclusivo, com o objetivo de facilitar a vida das clientes, que recebem em primeira mão os lançamentos, novidades, tendências da moda.

Relacionamento com as clientes é assunto sério para a Yamô. Talvez essa seja a referência mais importante nesses 30 anos de trajetória. “Criamos um vínculo especial com cada uma das clientes, conhecemos o seu perfil, seus desejos e, principalmente, potencializamos o que cada uma tem de bonito. Não forçamos nada. Vendemos muito mais do que roupas, vendemos amor, emoção e beleza. Isso é a nossa conquista”, comemora.

Artigos Recomendados