Não seja uma mãe infeliz: pare agora com estes 15 hábitos

Comece aos poucos, pois não é fácil mudar. Mas e necessário, porque você merece.

Em qualquer fase da vida a felicidade e a infelicidade estão presentes: a nossa missão é escolher qual delas trazer para perto de nós. Você pode contestar dizendo que nem sempre escolhemos a felicidade, mas se olhar por outra perspectiva vai concordar.

A felicidade não é algo permanente que se alcança uma vez e nunca mais perde. Ela está nos pequenos momentos e escolhas que fazemos todos os dias; na forma com a qual escolhemos lidar com as situações em que somos colocados, mesmo as mais trágicas.

Sem esta perspectiva, muitas mães não conseguem equilibrar maternidade e felicidade, como se uma não pudesse conviver com a outra. É claro que você se sente feliz nos momentos mais fáceis, em que seu filho está saudável, comportado, dormindo ou fazendo graça.

Mas há muito mais felicidade para ser descoberta, também nos momentos em que sua vida não está tão tranquila. Continue lendo e veja se você pratica um ou mais destes hábitos que vamos citar.

Se a resposta for sim, comece a parar imediatamente até conseguir se livrar deles. Você descobrirá que eles são a cortina que impede os seus inúmeros momentos de felicidade de entrar pela janela da sua vida.

1. Não impor limites para sua privacidade

Antes de ser mãe você é uma mulher independente. Merece o seu tempo e o seu espaço para cuidar de si mesma. Muitas mães não aproveitam o tempo que têm quando podem porque acabam esquecendo que precisam parar e relaxar para revitalizar as energias.

2. Não reconhecer suas limitações

Mães são leoas e guerreiras, mas nenhum exército é composto de um soldado só. Você tem limites, não tente abraçar o mundo. Se o fizer, sua saúde física e mental será prejudicada.

3. Não se considerar responsável pela própria felicidade

Quanto mais você acusar as pessoas em volta ou a situação que vive por serem culpados pela sua infelicidade, mais infeliz você será. A sua felicidade está somente em suas mãos.

4. Corrigir o comportamento dos outros

Criar os filhos com bons hábitos é uma coisa. Querer mudar o comportamento de todos à volta porque não lhe agrada é totalmente outra. Muitas vezes é o seu próprio comportamento que está deixando os demais incomodados.

5. Sentir-se culpada

O sentimento constante de culpa faz adoecer. Se você fez algo errado no passado e sabe que não deveria ter feito, ótimo, você aprendeu. Então o melhor que tem a fazer é se perdoar e não cometer o mesmo erro novamente. Você não pode mudar o que passou, não perca sua vida com esse sentimento.

6. Colocar-se em último lugar

É muito comum que a mãe coloque os filhos e o marido em primeiro lugar. Algumas colocam até a sogra antes de si mesmas. Mas esse comportamento faz com que você perca a conexão com seu interior e sinta-se cada vez mais infeliz. Precisa se cuidar justamente para ser um bom exemplo para seus filhos seguirem.

7. Não perdoar falhas

Todos erram, você erra. Guardar rancor é como estar com uma inflamação no peito que não te permite respirar direito. Quando puder perdoar os outros, verá como ficará muito mais fácil perdoar a si mesma. A maioria das coisas não é tão importante que mereça ser guardada.

8. Não ouvir sua espiritualidade

Cada um tem a sua fé, que independe de religião. O importante é você alimentar a sua fé diariamente, renovar seus votos com a vida e estar disposta a ser melhor a cada novo dia.

9. Prender-se ao passado

Prender-se no passado traz o mesmo efeito de frustração que não conseguir perdoar aos outros ou a si mesma. Foque no presente e faça planos para o futuro.

10. Ignorar seus instintos

Os nossos instintos são muito poderosos. Você enquanto mãe sabe disso perfeitamente. Você sabe quando sua voz interior está te enviando uma mensagem, então ouça sem medo de ser criticada ou julgada.

11. Ceder às vontades dos outros constantemente

Você precisa saber impor limites e dizer não quando for necessário. Não abra mão de si mesma, dos seus sonhos, da sua saúde ou integridade para satisfazer um desejo que não é seu.

12. Ter expectativas inalcançáveis

Para enxergar a felicidade é importante dar um passo de cada vez. Sonhar é preciso, mas você precisa traçar um plano para realizar este sonho, já que toda busca tem um caminho a percorrer. Querer algo que não poderá alcançar agora fará você se sentir constantemente derrotada.

13. Comparar-se com os outros

Ninguém é igual a ninguém e você é o melhor que pode ser de si mesma. Comparar-se com os outros é inútil, pois só conhecemos dos outros o que eles nos permitem ver. Cada um tem seus altos e baixos, então, foque em ser a melhor versão de quem é.

14. Buscar coisas ou pessoas que possam te fazer sentir melhor

Se não está segura consigo mesma, não vai ser uma roupa nova que fará você se sentir melhor. Não busque a felicidade em certas coisas ou pessoas. Ela já está aí dentro de você, apenas deixe ela sair e, como consequência, o que você tanto buscava vai acabar se aproximando de você.

15. Querer ser perfeita

Ser exigente demais pode trazer grandes frustrações. A perfeição não existe, simplesmente porque tem um significado diferente para cada um, e quando você pensa que a alcançou, começa a ter outras razões para ser ainda mais perfeita, ou seja, nunca estará satisfeita.

Siga o seu caminho com tranquilidade, faça o seu melhor, ame, cuide de sua família e de si mesma. Relaxe e deixe a felicidade entrar.

Artigos Recomendados